Pensamentos

Pensamentos

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Devaneios




Viver entre milhões,
Conhecer centenas,
Confrontar-me com dezenas
E, apenas identificar-me com unidades

Gostar de quem me é próximo
Desejar quem não conheço

Paixões ilusórias das quais não esqueço

Na incerteza de sentir ou não sentir
De ser ou apenas parecer,
Confronto-me com questões
As quais não tenho resposta

Como presas se ocultam do predador
As respostas escondem-se,
Como se sabendo todo o seu valor

Só, sempre só
Dou por mim a vaguear
De pensamento em pensamento
De ideia em ideia

Tudo flui rapidamente

Em segundos corro mundos
Fantasia ou realidade?
Nem eu mesmo sei

Como se entra-se em transe
Sonho, acordado, e vejo
A vida como ela é
Ou talvez como gostaria que fosse

A fluência dos pensamentos confunde-se
Fico baralhado,
Paro.

Pareço ter fundo à vista,
O escuro torna-se intenso
Consigo sentir bem perto
O coração a manter-me vivo
Sinto vida nas veias
Sem ter consciência de mais nada,
Mantenho-me vivo

...
Em flash as ideias começam a definir-se,
As palavras deixam de ser difusas
Volto a pensar.
Organizo minha mente,
Ou apenas convenço-me que sim

Retomo, as questões permanecem .
Continuo sendo Eu.

...:::ZARPANTE:::...

Um comentário:

  1. Boa tarde, encantou-me teu Blog e teus textos, beijokas e sucessos

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails